30 junho 2010

Congresso de Técnicos Texteis em Poços de Caldas

Aos meus colegas de turma e a todos os alunos que se formaram na CETIQT nos 59 anos que se sucederam: Esta foto foi tirada durante o congresso dos técnicos têxteis que se realizou em Poços de Caldas no ano de 1976. Nela estão oito alunos da primeira turma da escola, formada em 1951. Perdeu-se-me, na memória, o nome de dois deles, justamente os que estou abraçando. Os outros são, da esquerda para a direita: Henrique Nishida; Luis Bueno; Cláudio Vieira; ?; Luigi Spreafico; ?; Luiz Gonzaga Lopes; José Augusto dos Santos. A primeira turma iniciou as aulas com o prédio ainda em construção. Não havia portas nem janelas. No inverno o frio congelava as orelhas. O barulho das betoneiras muitas vezes impedia que se ouvisse o professor. O regime era severo: quatro horas de aulas teóricas pela manhã e quatro horas à tarde, de aulas práticas, nas oficinas. À noite, estudo obrigátório de duas horas, diligentemente fiscalizado pelo Militão, o inspetor que viera da Escola Técnica do Recife. As máquinas da "sala de abertura" da fiação, fabricadas pela Saco Lowell, foram montadas pelos alunos. O terno de formatura, uma gabardine de pura lã, foi tecido pelos alunos no tear "Crompton and Knowles". O tingimento, em azul marinho, foi feito no Lanifício Alto da Boa Vista e pago com uma vaquinha. Que saudades!

Um comentário:

  1. Leva a mal não, mas técnicos têxteis parace até toscos fios. Engraçado você não se lembrar de quem abraça!

    ResponderExcluir