14 outubro 2010

Madrugada Insólita

Acordei. Eram quatro horas da manhã. Esfreguei os olhos com preguiça. Fiquei sentado na cama, de olhos fechados, e esperei até lembrar onde estava. Levantei-me, enfiei os pés nos chinelos que me acompanham há tantos anos e caminhei até a cozinha. Bebi um copo d’água. Fiz café. Sentei-me na cadeira dura enquanto aspirava o aroma suave do arábica. Fechei os olhos. Perdi a noção do tempo. Tenho que devolver um livro que me emprestaram, não posso esquecer. Preciso alisar o chão de terra onde ponho comida para os passarinhos. Está cheio de rachaduras, os grãos de alpiste afundam, e as pobres aves não conseguem alcançá-los. O bambu que cortei há meses já está seco. Tenho que prepará-lo antes que as chuvas comecem. Já é quase Outubro. Hoje vou fazer o primeiro corte na rúcula que plantei há um mês de uma semente que não poderia ter nascido. Sua validade venceu em Setembro de 2004. Mas nasceu, porque ignorei o seu prazo de validade. Eu também nasci, mas com prazo de validade não revelado. Vou fazer como fiz com a semente. Ignorar o prazo e plantar-me a cada dia. Hoje é 16 de Setembro de 2010. Oitenta anos atrás eu vi a luz pela primeira vez, à beira de um lago, no meio de uma montanha. Assim me disseram. Oitenta! Um número formado por três zeros. Um grande e dois pequeninos.

2 comentários:

  1. "Os pescadores sabem que o mar é perigoso e que a tempestade é terrível, mas eles nunca julgaram esses perigos como razão suficiente para permanecer em terra"

    ou em outras palavras, como ensina o caro Hemingway (ao menos eu acho que ele ensina isso... mas os professores de literatura nao iriam concordar) o maior feito de um homem é encontrar a coragem de se levantar todos os dias.

    Todo amanhecer é um renascer.

    ResponderExcluir
  2. sobre "DE APLAUSOS E DE VAIAS".
    alguns blogueiros dizem que na era da internet os aplausos sao o numero de visitantes que o marcador mostra... é interessante que mesmo blogs muito lidos tem poucos.

    Por exemplo, sabe o famoso Julie/Julia?
    Aquele que virou ate filme com Meryl Streep?
    Bom, nem mesmo ele tinha tantos comentarios da ultima vez que o vi...

    ResponderExcluir